Karol Senarese

A evolução da internet até os dias atuais

Quando avaliamos a evolução da internet, percebemos como a tecnologia tem influência na otimização e no dinamismo do cotidiano. Saber mais sobre como a grande rede de conexão se desenvolveu, portanto, é essencial para compreendermos quais são as suas vantagens e como ela poderá ser ainda melhor nos próximos anos.

Para tanto, trouxemos um conteúdo que conta exatamente como tudo aconteceu até aqui. Além de explicar mais sobre como a internet poderá se modificar ainda mais, promovendo outras vantagens para o cenário em que estamos inseridos. Quer saber como isso vai acontecer? Então acompanhe a leitura e venha com a gente!

A evolução da internet
A evolução da internet fez com que esse recurso se tornasse cada vez mais essencial em nosso dia a dia

A origem das redes

O conceito de internet se iniciou em 1969, sendo, essencialmente, uma rede de comunicação especialmente criada para atender às necessidades militares. A proposta de internet que temos hoje, voltada para entretenimento, era algo inimaginável até então.

Essa conexão de informações foi desenvolvida no auge da Guerra Fria, que aconteceu entre Estados Unidos e URSS. A ideia era descentralizar os dados e, com isso, evitar ataques que pudessem comprometer a inteligência das duas nações. No entanto, era necessário que o acesso a essas informações pudesse ser dinâmico, rápido e seguro. Logo, foi necessário desenvolver uma tecnologia de comunicação.

Ou seja, inicialmente, a internet era uma rede interna de comunicação entre setores. Foi a partir daí que uma proposta de interconexão entre computadores em uma rede mundial começou a ser pensada e organizada. O conceito era visionário, mas foi palpável. Como resultado, temos hoje a internet como conhecemos.

Quando a internet “se torna” internet

A rede de conexão à distância, chamada de Wan, tomou forma ainda na década de 60, como dito no tópico anterior. Entretanto, foi apenas em 1969 que a primeira ligação entre computadores por meio dessa rede se consolidou, entre um terminal na Universidade da Califórnia, com outro no Stanford Research Institute.

A partir disso que o conceito da “internet” se torna válido, designando o sistema de redes que eram interconectadas pelos protocolos TCP e IP. TCP é a sigla que define Transmission Control Protocol. Já IP se refere à Internet Protocol, que passa a baseat todos os serviços de internet.

O IP surge

A ideia do IP surgiu logo no início dos anos 70, após a consolidação da rede de interconexão se tornar viável e ativa. E, juntamente à chegada dos anos 80, veio, também, a proposta de conexão baseada exclusivamente na rede TCP/IP. Foi um marco sem precedentes no desenvolvimento da tecnologia de informações e na evolução da internet.

Isso porque, a partir dessa adesão, todas as redes que estivessem conectadas sob o mesmo endereço de IP poderiam trocar dados e mensagens simultaneamente.

Essa modernização permitiu que a internet pudesse ser usada com outros fins, além da troca de informações interna e conjugada. Com a inserção da tecnologia do IP, ela pode se tornar, enfim, uma ferramenta comercial. Isso fez com que as redes de internet se tornassem mais populares e fossem exigidas por um público cada vez maior, chegando às nossas casas.

World Wide Web

Foi no final da década de 80, especificamente em 1989, que a evolução da internet se tornou um serviço de consumo. A partir dessa proposta, foi desenvolvida a World Wide Web, ou, como popularmente conhecemos, o comando www. Essa alternativa apareceu como um sistema de distribuição de arquivos, interconectando os terminais e podendo ser acessada diretamente por um navegador.

Até então, apenas o comando via HTTP era utilizado para fazer a transferência de informações. Porém, ele poderia ser interceptado no caminho, gerando interferência nos dados e sua efetiva mudança. Na década de 1990 é que a solução para essa situação surgiu, com a inserção do “S”, de segurança, no comando. O HTTPS, portanto, aparece como a alternativa mais segura, transferindo dados criptografados pela rede.

Podemos entender que, de forma bastante simplificada, é desse ponto que surge a internet como conhecemos hoje. Acessível, usada para diversos fins e baseada na troca de informações seguras.

Conexões mais rápidas e dinâmicas

Com o aumento do número de computadores, a internet se popularizou. Hoje, ela está em praticamente todas as casas, comércios e, até mesmo, nos nossos celulares. Inclusive, a evolução da internet se mantém com a proposta de aprimorar a experiência de uso desse sistema e otimizar a troca de informações.

Por exemplo, podemos citar a questão da própria rede de conexão. A sua primeira forma realmente popular, foi por meio da conectividade dial-up, que se utiliza dos pulsos telefônicos para a transmissão de informações. Após isso, a tecnologia foi se modificando e a evolução da internet se deu de forma mais contundente.

Chegamos à conexão de internet via cabo coaxial e, agora, por fim, temos à nossa disposição a internet por fibra ótica. Essa tem se mostrado a mais moderna rede de transmissão, estabilizando o sinal e o levando de forma muito mais rápida de um ponto a outro, por meio dos pontos de luz emitidos pela fibra.

Algumas provedoras de internet, como a Claro, já disponibilizam a conexão por fibra por valores razoáveis, tornando o acesso à internet de qualidade mais fácil. Atualmente, cerca de 91% das empresas já oferece essa tecnologia entre os seus planos de adesão.

A pandemia de Covid-19, que afetou o mundo todo, principalmente entre 2020 e 2021, pode ser considerada uma das principais justificativas para o crescimento dessas redes. E isso faz com que a internet Claro fibra esteja entre os serviços mais desejados na atualidade. Isso porque, além de se tornar essencial para a manutenção da conexão com outras pessoas, a internet é, também, meio de entretenimento, estudo e trabalho.

O que podemos esperar em relação à evolução da internet?

A evolução da internet não vai parar por aqui. Afinal, todos os dias estão sendo desenvolvidas tecnologias que otimizam ainda mais a relação de utilização dos consumidores. Isso ocorre, justamente, para que ela se torne cada vez mais dinâmica e inteligente. Um bom exemplo disso são as redes de dados móveis, que já englobam a banda 5G.

O 5G certamente é o maior exemplo de como a conectividade evoluiu, saltando dos terminais fixos e chegando até os dispositivos móveis. Mas, ele também representa o máximo em qualidade, velocidade e estabilidade, de modo que a internet já é o ponto de apoio principal para o desenvolvimento de setores como saúde, educação e segurança.

Estaremos sempre de olho para acompanhar essas novidades e levar até nossos consumidores, sempre de forma acessível e com a melhor qualidade do mercado. Afinal, esse é um dos valores mais contundentes da Claro: oferecer o melhor para os seus clientes.